Viva a Vida !

Este blog destina-se aos meus amigos e conhecidos assim como aos visitantes que nele queiram colaborar..... «Olá, Diga Bom Dia com Alegria, Boa Tarde, sem Alarde, Boa Noite, sem Açoite ! E Viva a Vida, com Humor / Amor, Alegria e Fantasia» ! Ah ! E não esquecer alguns trocos para os gastos (Victor Nogueira) ..... «Nada do que é humano me é estranho» (Terêncio)....«Aprender, Aprender Sempre !» (Lenine)

terça-feira, 13 de novembro de 2007

Estrela Cadente disse ...


A MINHA AMIGA ESTRELA CADENTE

Foi embora, mas deixou desejos de fecidade a todos que a divertiram enquanto esteve na Terra.

.

Ver o meu perfil completo



As estrelas cadentes ...

A Minha amiga Estrela Cadente cumpriu o que lhe estava destinado e desapareceu. Dissera-me que ouvira contar tanta coisa do mundo virtual existente na Terra que, não acreditando, lhe ofereci um pouco do meu espaço para que, antes da sua luz desaparecer, pudesse observar o que se passa, neste mundo ilusório, de raiva, de traição, de ódio, de mentira, de beleza, de dor, de amor, de tudo o que pode povoar a mente humana, onde as pessoas se escondem debaixo de máscaras, muitas vezes bem visíveis, mas que ela, vinda dum passado muito longínquo, como eu já disse, não acreditava pudesse existir.


Riu, comoveu-se, com quadros de guerra, duma TERRA que vive tragédias que só na imaginação de terrenos doentios podem ser inventadas e não quis ficar. Extinguiu-se, feliz pela aventura que viveu.


. Só quem não conserva na memória momentos felizes, poderá ser má e violento para os outros.



Ela não.


.
Ela foi uma pessoa feliz, preservou a sua felicidade a todo o custo, tentou fazer felizes aqueles que contactaram com ela.


Riu-se dos comentários que faziam a histórias que inventou, algumas baseadas em realidades vividas por outros.


Partiu ainda com pena de que a evolução dos terrenos só num sentido se tenha dado, no sentido das tecnologias. Porque quanto à mentalidade é e continuará a ser “Mentalidades Passadas”.


Nesse espaço estava eu.


Quando o Verão chegar, nas noites quentes e serenas é possível, talvez, ver uma irmã dela riscar o céu com o seu brilho e luz, criar mais um sonho, alguém, em qualquer lado pedir um desejo e deixar de a ver.


Estou atenta às Perseidas, pode ser possível ver uma sua irmã.



E por agora só mais uma informação: MENTALIDADES PASSADAS acabou, a minha mentalidade não era aquela, era outra.




A MINHA AMIGA ESTRELA CADENTE
Indústria: Moda
Local: Portugal
Acerca de mim
Foi embora, mas deixou desejos de fecidade a todos que a divertiram enquanto esteve na Terra.
Blogues

Nome do Blog
Membros da equipa
SEM RUMO SEM NORTE



Estatísticas de utilizador
No Blogger desde
Setembro/2007
Consultas ao perfil
327


COMENTÁRIO DE VICTOR NOGUEIRA

.

Dou-te os meus parabéns. Em tantos anos, foste a 1ª pessoa que conseguiu enganar-me na internet, apesar das pontas soltas que não ligavam. Nunca o conseguiram nas salas de chat onde não vou há muitos anos, mas donde ficaram amigas, Amigas que são mesmo minhas amigas. E foi nos blogs que conseguiste rasteirar-me. Os meus parabéns pelo teu divertimento e pelas tuas risadas de gozo.

[Como fui sempre correcto para contigo] junta esta estrela que de dou para o teu colar.

Eu sou o Victor Nogueira, aqui e na vida real. E quem quiser saber se é verdade, encontra-me.

.
E não vale a pena continuares a confundir-me com Apóstolos ou com outra pessoa qualquer.

.
Face à tua última msg pública renovo os parabéns. Mas face ao teor da tua msg, achas que tem algum sentido despedir-me com estima e amizade? Não seria mais um gozo e motivo de reboladas gargalhadas?

.
Uma vez mais, parabéns. Junta esta minha estrela ao teu colar.

.
Victor Nogueira

7 comentários:

A MINHA AMIGA ESTRELA CADENTE disse...

Podes crer que ela sabia que, tu também devias estar dicertido e que grandes gargalhadas darias desse lado.
A verdade é que gostou de todos que com ela contactaram e de ti em especial.
Ela sempre te disse que tu eras bom nos teus blogs Gostou deles porque os leu não de passagam mas vendo o que estava por trás da tal máscara.
Isto é tudo o que posso dizer. Estou a falar em nome dela e do que falamos, a partir daqui não sei mais nada.
Até um dia.

Victor Nogueira disse...

Continuas enganada. Só me rio de mim e não dos outros. E às vezes faço rir os outros com o meu sentido do humor, que neste momento me escapa. Amanhã talvez me ria, mas de mim mesmo.
Escreves: ºPodes crer que ela sabia que, tu também devias estar dicertido e que grandes gargalhadas darias desse lado.
A verdade é que gostou de todos que com ela contactaram e de ti em especial.
Ela sempre te disse que tu eras bom nos teus blogs Gostou deles porque os leu não de passagam mas vendo o que estava por trás da tal máscara» FIM DE CITAÇÃO
Primeiro não me ri. Os teus blogs não eram humorísticos e nada havia para rir. Máscaras não uso, embora a minha ingenuidade e transparência tenham limites. Que sou diferente, bom e competente, sei há muito. Por mim, pelos outros, e pelo medo que os inteligentes com quem não «alinho», medíocres e caciques têm de mim. Quanto a ser bom nos blogs, não sou. As pessoas vêm ou fingem ver o que lá não está. Os meus blogs nada têm de especial e o mérito ou não de Ao Sabor do Olhar é de quem nele participa. Os meus blogs não atingem frequências astronómicas como o Abrupto, O Profeta ou a Grande Loja do Queijo Liminiano, entre muitos outros. Mas acho que as nossas conversas públicas deixaram de ter razão de ser, apesar de nelas ser comedido.
Podes juntar outra estrela ao teu colar: magoaste-me!
VM

pin gente disse...

pensei que era mais uma despedida... bolas! não seria o primeiro espaço onde entro e vejo um adeus.
ainda bem que só se trata da estrela cadente (tua amiga).
abraço

luísa

Belisa disse...

olá :)

estou baralhada...mesmo muito....pus o símbolo que me ensinaste que é de rir...mas não sei se hei-de rir ou chorar...isto é mesmo verdade? ou alguma peça de teatro?...estarei eu a interpretar bem... a estrela cadente andou a gozar com os comentários...
se foi assim não fiques triste porque DEUS não dorme...acredito ainda que existe algo que nos ilumina e observa...
As pessoas más só merecem a nossa indiferença...

Beijos estrelados

a.filoxera disse...

Não sei que dizer.
Lamento a partida da Estrela Cadente.
Lamento que te sintas magoado por ela.
Não sei que se passou entre vocês...
Comunicamos por email?

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

A virtualidade tem destas coisas, que apesar de virtuais magoam e deixam marcas.
Não sei o que se passou exactamente, nem sei se quero saber,mas para quem se sente magoado e o confessa assim, vai sempre a minha solidariedade e carinho.
Vitor, um enorme abraço e um beijo

De Amor e de Terra disse...

O meu Avô materno cantava ao desafio e como bom cantador também era "repentista"; (para quem não sabe, repentista é o que faz os versos "de repente", "na hora" para responder e/ou provocar o outro ou outra com quemfcjk canta).
Do pouco que o ouvi cantar, lembro-me de dois versos, que ficam aqui "a matar"; os outros dois, são da "minha lavra"...e aqui vão:-

Estrelas, mesmo cadentes
Fazem boa companhia;
"Vai-se um amor e vem outro"
"Fico na mesma alegria"!...

E está tudo dito.

Beijo Victor

Maria Mamede