Viva a Vida !

Este blog destina-se aos meus amigos e conhecidos assim como aos visitantes que nele queiram colaborar..... «Olá, Diga Bom Dia com Alegria, Boa Tarde, sem Alarde, Boa Noite, sem Açoite ! E Viva a Vida, com Humor / Amor, Alegria e Fantasia» ! Ah ! E não esquecer alguns trocos para os gastos (Victor Nogueira) ..... «Nada do que é humano me é estranho» (Terêncio)....«Aprender, Aprender Sempre !» (Lenine)

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Ao (es)correr da pena e do olhar


5 comentários:



Ludovicus Rex disse...

Parabén por este teu novo espaço. Vou-te linkar e divugar pela malt ada blogosfera. Um abraço



Anónimo disse...

Olá Amigo, Já adiccionei aos meus Favoritos. Gostei e voltarei Maria Faia


Maria Faia disse...

Como te entendo amigo... Parabéns pelo nascimento e... LONGA E FELIZ VIDA. Beijo


De Amor e de Terra disse...

Quanta verdade nisso Victor!!! Abraço Maria Mamede


Henrique disse...

Bom dia jovem Estás na maior. Desta feita a parir blogues. Que tenha este e tenhas tu, Amigo, mais um sucesso. Daqui te envio um abração. Vou ser leitor, juro mesmo. Henrique
.
.

domingo, 29 de novembro de 2009

Ao Sabor do OIhar

"Seja bem-vindo quem vier por bem"

13 Comentários - Mostrar mensagem original Fechar comentários

Blogger De Amor e de Terra disse...
Então mais um! Parabéns! Espero que tudo por aqui te seja propício. Maria Mamede
14 de Agosto de 2007 17:51
Eliminar
Blogger Ludovicus Rex disse...
E vamos em frente... Até já Amigo!
14 de Agosto de 2007 21:47
Eliminar
Blogger Ema Pires disse...
Amigo Victor, Linda imagem e lindas palavras. Espero que seja sempre por bem, como diz, um cantinho de amizade. Abraço
14 de Agosto de 2007 22:14
Eliminar
Blogger Maria Faia disse...
Olá Amigo Vitor, Os elos de Amizades são as sementes que, lançadas à terra, germinarão e darão frutos de harmonia, solidariedade e fraternidade. Este papel da blogosfera é importante e, como diz o nosso Amigo Ludovicus: "A blogosfera é o nosso meio." Beijo
16 de Agosto de 2007 0:00
Eliminar
Anónimo Anónimo disse...
Olá Víctor Olá, Victor Desculpa não responder aos teus e-mails, mas estou no Algarve e não tenho acesso à internet. Uma amiga emprestou-me o computador, por isso agora consegui ver os meus e-mails. Assim que chegar - lá para o fim do mês - dou-te feedback e quiça me atreva a participar. Tenho alguma timidez em responder on-line, mas sobretudo penso que ainda não estou muito ambientada com isto dos Blogs. Mas posso dizer-te que sou tua fã incondicional, o teu trabalho é uma lufada de ar fresco, é um verdadeiro "ensaio sobre a lucidez" nestes tempos tenebrosos que nos assolam.... Saudades muitas Bjs Madalena
16 de Agosto de 2007 4:59
Eliminar
Anónimo Anónimo disse...
Oi Victor, Encontrei o seu blog [Kantt_O XimPi] através do blogblogs.com.br, e em primeiro lugar, gostaria de dar os parabéns pelo espaço. Te adicionei nos menus favoritos para não perder o contacto, espero que não se importe. Sou um dos co-autores do obvious ( http://blog.uncovering.org ) e estou refazendo o blogroll o nosso site. Gostaria de saber se você gostaria de trocar links connosco? Cumprimentos do obvious, bjr ps: ou então, se se tiver alguma outra sugestão, gostaria de ouvir. 13 de Agosto de 2007
16 de Agosto de 2007 5:03
Eliminar
Anónimo Anónimo disse...
bom aqui estou como prometido e te vou linkar para nao te perder de vista :) nos meus links para além do meu hi5 tmb tá um blog novo k gostava k conhecesses é o blog do meu cunhado e esta linkado como PARAISO TERRA ,PASSA POR LÁ K VAIS GOSTAR :) BJO carla granja http://paixoeseencantos.blogs.sapo.pt
15 de Dezembro de 2007 21:19
Eliminar
Blogger Maria disse...
Gostava de participar mas... falta-me a imaginação, não consigo imaginar nada. Boa sorte para mais este convivio
16 de Dezembro de 2007 23:10
Eliminar
Blogger leonor costa disse...
Cheguei aqui através da Paula Raposo e estou disposta a colaborar. Vou enviar pelo e-mail a minha contribuição para este desafio, que acho interessante. Um abraço! HOJE E AMANHÃ
29 de Dezembro de 2007 9:35
Eliminar
Blogger Paulo Sempre disse...
Abraço.
1 de Fevereiro de 2008 11:09
Eliminar
Blogger São disse...
Viva! Agradeço o convite e lá enviarei a foto! Abraço.
22 de Fevereiro de 2008 9:16
Eliminar
Blogger antonio disse...
"Seja bem vindo quem vier por bem". Assim cantava o saudoso bicho cantor: ZECA AFONSO. Parabéns pelo "titulado!". António Carvalho
28 de Novembro de 2009 23:49
Eliminar
Blogger antonio disse...
«APRENDER, APRENDER SEMPRE!» (LENINE). António Carvalho
28 de Novembro de 2009 23:39
Eliminar

sábado, 28 de novembro de 2009

Aguarela - Cecília Barata




Foi há muito tempo. no reino que não era reino. chamava-lhe assim. reino. eramos senhores e servos. indios e cowboys. donos da alegria do planeta. todas as mangueiras eram nossas . todos os cajueiros eram nossos . a estrada era nossa. aí jogávamos à bola. faziamos corridas de bicicleta. construíamos navios com papel de jornal. quando chovia os barcos navegavam no mar do nosso reino. a alegria estava estampada nos nossos rostos de crianças. comiamos com pequenos paus couves cozinhadas numa lata, em cima de uma fogueira, feita a rigor, para o festim. eramos donos de tudo. o ar. a chuva. que havia de melhor que um banho de chuva intensa e morna. chapinhar nas poças que ficavam depois de bátegas de água cairem do céu. o sol surgia sorrindo e dava gargalhadas ao ver-nos. estavamos secos. prontos para outro ritual de água, que fertilizava as nossas imaginações. a chuva fazia-me feliz como as romãs. tinha uma música muito própria. chamava o sol. a chuva ajudava-nos a criar histórias de naufrágios. viagens homéricas. principes e princesas . sinaleiros. policias e ladrões. todas as realidades eram possíveis. o sol inundava-nos de luz. trazia-nos outras aventuras. outros brinquedos. as mangas verdes. as mangas verdes com sal. mangas verdes com sal. o brinquedo sagrado da minha infância.
.
Cecília Barata (hi5)
.
.

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Tópicos de Victor Barros

* Victor Barros (hi5)
.
O tópico foi alterado para A Sonhar que todos os meus pássaros se vão libertar das suas gaiolas e que as suas asas não esbarrarão nas grades da vida. Que eles vão voar cada vez mais alto tocando o céu.
27/Nov 12:11
.
.
O tópico foi alterado para Por vezes não sai nada Uma solidão imensa embrenha-se no meu interior e seca-me. As palavras ficam murchas e vão secando e começando a cair pelas minhas paredes.
28/Out 16:37
.
Gosto de escutar o silêncio. Aquele silêncio que não se ouve e que se nos cola às palavras não as deixando sair. Gosto também de me rodear do silêncio presente nas conversas mudas de bancos de jardim e dos reformados dormitando ao som do Outono. Gosto de palavras que esvoaçam sobre mim como folhas maduras de Outono 
.
O tópico foi alterado para Em Setembro: Férias O grito das gaivotas fará um risco no ar. Será aí que me vou sentar e balançando as pernas escutarei o silêncio que vem agarrado à espuma das marés!
27/Ago 15:22

terça-feira, 24 de novembro de 2009

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Expressões da Amizade

--- Victor wrote:

Gioconda diz:
Dá este koração para tds ke tu não keres perder
em 2010 ( incluindo a mim ) rsrsrsrsrsrs
Tenta konseguir 10, Não é fácil....

(¨`·.·´¨)            
`·.¸(¨`·.·´¨)       
`·.¸.·´Eu kero o meu de volta tá?

.
.
Terá razão a Gioconda?
.
Gioconda diz:
.
(“)_(“).-“”’-.,/)
; ° ° ‘; - ., , ‘ )--
(♥_, )’__,)’-._)
.
Beijos♥Abraços
.
.

domingo, 22 de novembro de 2009

A nossa árvore - Clara Roque Esteves

22/Nov 19:12
Clara (hi5) diz:
 
Muito obrigada, Vitor. Eugénio de Andrade, certo??? Maravilhoso!
.
Envio-te um poeminha meu, daqui do fundo da minha gaveta, com um abraço e votos de uma boa semana. Prepara-te porque é grande....Vai lendo ao longo da semana...........
.
A nossa árvore
No tempo em que a cor das papoilas era rubra
E os teus passos soavam por detrás de mim
Os meus pensamentos coloriam-se de azul,
E os meus olhos jovens palpitavam verdes de todo.
As nossas mãos moviam-se como pássaros
Sem lembrança dos ninhos,
As tuas mãos, violinos afinados,
procuravam as cordas dos meus cabelos
e a humidade emergia em meu redor
como gota de água tremendo no coração do estio.
Desesperadamente,
Com a alma suspensa do calor de ti
Os meus pensamentos chegavam coloridos à flor da tua pele.
Recordo ainda o primeiro dia da nossa sede.
Era Maio, o sossego da noite reinava no jardim
E a lua, enorme, prenhe de todo, cobria aquela árvore
Que ainda hoje, com as folhas perdidas
Pergunta por nós.
E por cada dia que cai,
Por cada passeio sem sentinela
Por cada dia sem chuva
Ao longo de cada silêncio meu despojada de ti e de mim
As horas das estações rolam
Desfiando os colares das contas das nossas vidas.
Hoje
Eu passo ali e fico a olhar longamente,
Com uma ternura infinita e vagamente saudosa
Aquela árvore no nosso jardim
E penso na paixão remota, sem espiga
profundamente sumida
por entre o abismo dos nossos dedos sem anéis…
.
Clara Roque Esteves
.
Julho de 2009 
.
.

Expressão de Amizade

letras com trevo
.
 
Bom Fim de Semana meu amigo.Viva a vida e seja sempre mto. Feliz!!!A vida e para ser bem vivida.Beijinhos!!
.
Odete Botelho (hi5) - 22/Nov 2:07
.
.

Um sorriso de Odete

.
.
 
Aqui estou eu amigo, para te enviar um sorriso, pois só um sorriso vale mil palavras,Beijinhos.Bom Fim de Semana!!! 
.
Odete Botelho (hi5) - 22/Nov 0:48
.
.

sábado, 21 de novembro de 2009

Mensagens haifaivianas

Manos entrelazadas

.
Ver Comentários Com yolanda
10/Nov 13:30
yolanda diz:

a amizade entre nós é indestrutível.....podes sempre contar comigo,bj
.
.
Ver Comentários Com Antonia
8/Nov 20:17
Antonia diz:

Então, amigo Vitor, como vai essa disposição e saúde? Preparado para a chuva?
Beijinhos.
.
.
Ver Comentários Com RAZIEL
8/Nov 5:18
RAZIEL diz:
.
INTERESTING PROFILE.
THANK FOR registration
.
.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Kant_O, The Invisible Man

http://www.culturabrasil.pro.br/imagens/rm12344.jpg

* Guilhermina Abreu
.
.
Nunca percebi por que dizes ser um homem invisível. Achas que é mesmo assim? Ou sofres da doença colectiva dos calimeros? Não creio. Vale a pena? Não creio. Nunca tem resultados, os outros também se queixam do mesmo. Um grande abraço. E vá lá se te tratas que "a luta continua!"
.
Quadro -  Magritte
.
.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

domingo, 15 de novembro de 2009

sábado, 14 de novembro de 2009

D'Amizade - Odete Botelho

Eu estou aqui amigo, a minha amizade será até o hi5 acabar, espero que nunca acabe, looooooolooooo!!
.
O encanto da vida, depende únicamente das boas amizades que cultivamos...ser amigo, não é coisa de um dia, são gestos, palavras, sentimentos e sobretudo actos, que solidificam no tempo e jamais se podem apagar.
.
Que sejas Feliz em cada dia....
Que possas sorrir sempre que alguém precisa do teu sorriso.
Que o teu coração seja povoado de bons sentimentos....
Que cada novo amanheçer, seja sempre uma nova oportunidade de recomeçar.
Que sejas Feliz!!Não só hoje!...
Mas...a vida inteira!!!
Mtos Beijinhos amigo.
.
Odete (hi5)
.
.

Os do costume - Pedro Namora

A operação face oculta já era. Nem tempestade, nem abalo. Apenas a tarefa periódica, um leve espernear tendente ao ócio futuro, um faz-de-conta com destino preciso: a presunção de inocência a reforçar o clima propiciador de outras faces tão ocultas quanto esta. O que é preciso é enganar a malta, fingir que se quer combater o que afinal é o cimento do sistema.
.
Por esta altura, nos labirintos pérfidos da república das bananas, as ratazanas movem-se, traficam influências, ameaçam-se recíprocamente. Invocam-se solidariedades passadas, crimes comuns, cozinhados antigos. Se me tocas, disparo, se investigas, mordo-te. Ai como deve rebolar de riso a fatinha de Felgueiras e quejandos. Os do avental já reuniram e teceram estratégias: a presunção de inocência é tudo, ou quase. Porque o resto, pá, o resto é uma cambada de invejosos.
.
Nas próximas semanas não faltarão entendidos a perorar sobre as maldades cometidas contra as almas puras, sucateiros ou banquei ros, com diploma da farinha Amparo, lavrado a preceito pela família.
.
E ainda há quem os leve a sério. O país está a saque, mas não se pode sequer o elementar gesto de revolta, nem o grito ingénuo: agarra que é ladrão!
.
Esta cambada não nasceu agora, perdeu o umbilical cordão nos idos de 74 e 75, quando para malhar nos comunistas e nos que desejavam um país novo e limpo, se recrutaram bandidos, pides, verdugos.
.
O Ramiro, por exemplo. Bombista exemplar, amnistiado por Mários Soares, mas que, enquanto perseguido pelo Estado português, chefiava a delegação da, então pública, Galp em Madrid.
.
Esse bombista, quem o nomeou?, vinha a Portugal as vezes que queria, sem que a polícia o incomodasse, porque os padrinhos velavam. Não sei se Soares o condecorou, como ao Ritto pedófilo, mas que vinha, vinha.
.
E como ele tantos. Porque a cumplicidade forjada nos anos da traição ao 25 de Abril, pode mais. Por onde anda o autor dos faxes pedindo cinco milhões de contos a Carlucci, para derrubar as resistências débeis, de dois autarcas conhecidos, à voracidade construtora da empresa que mafioso da CIA dirigia?
.
Portugal é um lodaçal: das inspecções automóveis aos exames de condução, do tráfico de mulheres e armas à violação de crianças; das facturas falsas ao roubo de milhões, tudo passará impune, porque a presunção de inocência dos poderosos vale tudo.
.

Mensagens haifaivianas

Manos entrelazadas

.
Ver Comentários Com yolanda
10/Nov 13:30
yolanda diz:

a amizade entre nós é indestrutível.....podes sempre contar comigo,bj
.
.
Ver Comentários Com Antonia
8/Nov 20:17
Antonia diz:

Então, amigo Vitor, como vai essa disposição e saúde? Preparado para a chuva?
Beijinhos.
.
.
Ver Comentários Com RAZIEL
8/Nov 5:18
RAZIEL diz:
.
INTERESTING PROFILE.
THANK FOR registration
.
.

Amizade - Carmen

Boa noite, Victor! Nunca lho disse, mas digo-o agora: admiro-o muito! Acho que você é excepcional! Um bom fim de semana, beijinhos!  
.
Carmen (hi5) -  7/Nov 0:25 golden butterflies Pictures, Images and Photos
.
 
golden butterflies Pictures, Images and Photos